O ASTRO DA NBA QUE VIROU ESTAGIÁRIO

Campeão da NBA, MVP de final, All Star, seleção americana. Como uma estrela da liga americana de basquetebol aceitou o papel de um simples estagiário?


Estagiário. Todos temos um estereótipo na mente quando ouvimos essa palavra. Na maioria das vezes iremos visualizar um jovem meio desleixado e um pouco perdido, mas disposto a aprender e fazer tarefas não tão glamurosas.


E se eu te dissesse que astro da NBA, campeão olímpico, All Star, aproveitou um tempinho que conseguiu e foi ser estagiário?


Sim, isso de fato aconteceu. E foi Andre Iguodala, medalhista na Olimpíada de Londres em 2012 e tri campeão da NBA pelo Golden State Warriors. Mas não pense que ele fez no começo da carreira, na época Iguodala já era um all star e campeão olímpico.



Greve na NBA


Em 2011 a NBA se viu no meio de uma disputa laboral entre o sindicato dos jogadores e os donos do times, que acabou por terminar em greve, mas dos patrões. Os donos dos times não aceitaram os termos propostos pelos jogadores nas negociações do acordo coletivo de trabalho da liga, levando ao locaute, que é a greve do empregador (que por sinal, é proibida no Brasil).


Em meio a essa disputa a liga começou mais tarde, levando a um temporada reduzida, com 66 jogos. E foi durante esse período de atraso que Iguodala conseguiu seu estágio, através de seu conselheiro/planejador financeiro.


O jogador foi trabalhar no Bank of America Merril Lynch, um dos maiores do mundo. O banco atua tanto no setor de varejo, quanto como banco de investimento.


Não se sabe exatamente por qual área do banco Iguodala passou, ou mesmo quais foram suas atividades durante seu estágio.


Vocação para atuar com investimentos


O interesse de Iguodala por investimentos não parou por aí, especialmente após ir jogar no Golden State Warriors, cuja casa é bem no coração do Vale do Silício. Na Califórnia passou a atuar no setor de Venture Capital, através de sua empresa F9 Strategies.


Em seu próprio perfil no LinkedIn Iguodala se define como empreendedor, venture capitalist (investidores de startups em seus estágios iniciais) e atleta da NBA, nesta exata ordem. Na carreira de investidor o camisa 9 já investiu em empresas como GOAT, Zoom, HIMS, Lime, Thrive Global, STANCE, entre outras.


Além disso, o atleta é membro do Conselho de Administração da Jumia Nigeria, plataforma de e-commerce africana; bem como colaborou com a Nike, e passou um período pelo marketplace de roupas Twice.


O jogador, atualmente no Memphis Grizzles, deve continuar sua carreira como investidor, especialmente quando sair das quadras. Está claro, inclusive, que Iguodala está se especializando em investimentos em empresas de tecnologia.


Talvez até seja uma tendência entre os jogadores da NBA, e em particular aqueles que passam pelo Golden State Warriors. De um jeito ou de outro, a humildade e visão de Iguodala em aceitar o papel de estagiário em 2011 se mostram fora da curva dos atletas, e já está pagando dividendos.

17 visualizações